Barrichello lamenta limitações do carro da Williams

Piloto diz ter feito 'volta praticamente perfeita', mas afirma que FW33 não rendeu como o esperado

Agência Estado

09 de abril de 2011 | 10h30

KUALA LUMPUR - O brasileiro Rubens Barrichello revelou decepção com o desempenho do carro da Williams no treino de classificação para o GP da Malásia. Ele avaliou ter feito uma volta praticamente perfeita na segunda parte da sessão, mas culpou as limitações por ter conquistado apenas a 15ª colocação no grid de largada. Para o brasileiro, o FW33 havia apresentado rendimento melhor no GP da Austrália.

 

"Nós não tivemos o ritmo que esperávamos na classificação. Estávamos mais fortes em Melbourne e por isso precisamos analisar o porquê e ver onde estamos na corrida. Tudo considerado, a minha volta foi boa, na verdade, foi provavelmente uma das minhas melhores voltas na Malásia, mas foi boa o suficiente para compensar o desempenho do carro hoje", disse.

 

Apesar dos problemas, Barrichello acredita que pode conseguir um bom resultado na corrida de domingo. O piloto brasileiro crê que pode lutar pela conquista de pontos no GP da Malásia. "Se chegar a chuva ou uma corrida constante em uma pista seca, vamos entrar para ganhar pontos", afirmou.

 

Veja também:

linkMassa admite que Ferrari está atrás de McLaren e Red Bull

linkVettel faz a pole na Malásia

linkKers foi decisivo para garantir a pole, diz Vettel

video VÍDEO: Imagens do treino classificatório

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.