Barrichello lamenta morte de piloto

Embora não conhecesse pessoalmente o piloto italiano Fabrizio Meoni, morto nesta terça-feira após sofrer uma parada cardíaca no Rali Dacar 2005, o brasileiro Rubens Barrichello, da Ferrari, lamentou a tragédia. ?A única coisa que posso dizer é que sinto profundamente a morte de Meoni, mesmo não o conhecendo pessoalmente sabia que se tratava de um fenômeno nas motos, não por acaso venceu a prova do Dacar em duas ocasiões?, disse o piloto, que curte as férias com toda a equipe da escuderia italiana na estação de inverno Madonna di Campiglio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.