Barrichello lamenta oitava colocação na Austrália

Não que a oitava posição conquistada por Rubens Barrichello no GP da Austrália tenha lhe parecido ruim. Mas o piloto brasileiro lamentou o resultado após a corrida deste domingo, sobretudo porque gostaria de ter terminado na frente do sétimo colocado Vitantonio Liuzzi, da Force India.

AE, Agência Estado

28 de março de 2010 | 09h41

"Foi uma boa corrida, mas deveríamos realmente ter terminado em sétimo. Tivemos a chance de trocar os pneus quando era o momento certo. Achei que todos viriam também naquele instante, e por isso segui aquele caminho", lamentou o piloto brasileiro, falando sobre sua estratégia.

Para as próximas corridas, Barrichello espera ver grande evolução da Williams, a ponto de começar a brigar pelo pódio. "Mais pontos para a equipe, no fim, é positivo. O carro é bom o suficiente, precisamos ir somando pontos antes de começar a brigar por pódio", opinou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.