Mark Horsburgh/Reuters - 28/03/2010
Mark Horsburgh/Reuters - 28/03/2010

Barrichello minimiza resultado dos treinos livres

'Tudo saiu conforme planejado, testamos algumas modificações aerodinâmicas e procuramos controlar o motor', justifica o brasileiro

AE, Agência Estado

16 de abril de 2010 | 10h04

Rubens Barrichello foi apenas o 16.º colocado nos treinos livres do GP da China de Fórmula 1. Resultado, entretanto, que não frustrou o piloto brasileiro. Segundo explicou, a Williams fez alguns testes nas duas sessões e procurou poupar o motor.

"Hoje (sexta-feira) tudo saiu conforme o planejado, testamos algumas modificações aerodinâmicas e procuramos controlar o motor. Para a classificação, nossa meta ainda é ficar entre os dez primeiros", projetou Barrichello.

Outro brasileiro satisfeito com o desempenho foi Lucas di Grassi. Mesmo após terminar na 22.ª posição, duas atrás de seu companheiro Timo Glock, ele celebrou a evolução da Virgin. "Tivemos um dia muito bom, completamos 55 voltas, quase a distância de uma corrida. Era esse o nosso programa", disse.

Bruno Senna, por sua vez, lamentou a falta de aderência de sua HRT. O brasileiro ficou apenas em 23.º. "Apresentamos um baixo nível de aderência e precisamos trabalhar sobre isso. Mas cumprimos o nosso programa sem problemas", ponderou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.