Iara Morselli/Estadão
Iara Morselli/Estadão

Barrichello pode disputar GP do Brasil em novembro pela Sauber

Sem uma despedida apropriada da Fórmula 1, piloto de 41 anos tem chance de alinhar um carro no grid em Interlagos

Livio Oricchio, O Estado de S. Paulo

28 de setembro de 2013 | 08h00

NICE - Quando Rubens Barrichello se apresentou para disputar o GP do Brasil de 2011, pela Williams, foi questionado se considerava aquela sua última corrida de F-1, afinal não tinha contrato para disputar a temporada seguinte. Rubinho respondeu “não” porque “trabalhava duro para se manter na F-1”. Não foi possível, a Williams optou por Bruno Senna, em 2012, e o piloto de maior longevidade, de 1993 a 2011, nada menos de 325 GPs de experiência, não teve sua despedida.

Pois sua história pode não ter acabado: aos 41 anos Rubinho tem chance de disputar o GP do Brasil, dia 24 de novembro, possivelmente pela Sauber. E aí, sim, teria a merecida despedida da F-1.

Nos dias do GP de Cingapura, Rubinho, hoje comentarista da TV Globo, conversou com o Estadão. Ao saber que o repórter tinha entrevista com Bernie Ecclestone, pediu que perguntasse ao promotor o que achava de ele disputar o GP do Brasil.

Ontem o piloto não atendeu o celular. Apenas enviou mensagem ao repórter do Estado dizendo “quem sabe”. Há bons indícios de que Rubinho está preparando uma surpresa. E pode até ser que Ecclestone já saiba da história. Em Cingapura, quando questionado pela reportagem, o homem-forte da F-1 disse: “Good” ou “Bom”. Sem a definição do título, que possivelmente acontecerá antes, a presença de Barrichello no evento o ajudaria a promover bastante.

Não se sabe se tudo está acertado e até se a equipe é a Sauber. O que é certo é que Rubinho pode alinhar um carro no grid, em Interlagos. Seria o fim de uma carreira que começou em 14 de março de 1993, em Kyalami, na África do Sul, e se estendeu até 27 de novembro de 2011, para o que pode ter sido apenas seu penúltimo GP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.