Barrichello reclama que carro raspava no chão

O brasileiro Rubens Barrichello não ficou nada satisfeito com o desempenho de seu carro no treino classificatório para o GP da Austrália deste sábado. O piloto da Honda sequer passou para a segunda parte do treino e conseguiu apenas o 17.ª lugar no grid. ?Eu esperava que pudéssemos competir na segunda parte do treino de hoje (sábado), por isso estou decepcionado com nosso desempenho na classificação.""Eu tive problemas desde o início, com o assoalho do carro batendo na pista muito mais do que em qualquer outro momento do fim de semana. Essa é uma coisa que teremos que olhar para a corrida de amanhã (domingo). Estava muito apertado no final da primeira sessão, com muitos carros lutando para seguir adiante, e infelizmente não conseguimos desta vez", disse Barrichello.O treino classificatório não foi para a Honda de maneira geral. O inglês Jenson Button marcou apenas o 14.ª tempo. Para piorar, a Super Aguri - uma espécie de time B da montadora japonesa - teve o melhor resultado de sua história, com Takuma Sato em 10.º e Anthony Davidson em 11.º.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.