Benetton "renasce" na Bélgica

O terceiro lugar de Giancarlo Fisichella, da Benetton, foi um dos destaques do Grande Prêmio da Bélgica, neste domingo. "Terceiro lugar não herdado", como ele próprio destacou. Este ano, na Alemanha. Fisichella havia largado em 17º e chegou em quarto. "Mas quantos não desistiram?", questionou. "Nosso ritmo aqui em Spa foi bem semelhante ao das McLaren e até melhor que o de Rubens Barrichello, da Ferrari", explicou. Os motivos de tanta alteração no desempenho da Benetton? "Experimentamos um novo pacote aerodinâmico, basicamente", disse. "Para Monza teremos uma nova versão do motor Renault. Pena eu deixar a equipe no momento que ela começa a crescer mesmo." Fisichella foi trocado por Jarno Trulli. "Flavio Briatore me oferecia um contrato de apenas um ano enquanto Eddie Jordan, três. Pensei no meu futuro e assinei com a Jordan", afirmou o italiano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.