Benetton viverá nova ?revolução?

Nova revolução na Benetton. O time da Renault assumirá o nome da montadora francesa ano que vem e não poderá passar por situações constrangedoras como neste campeonato. Primeira providência: a Renault abandonará o projeto do complexo motor "largo", usado hoje, e partirá para soluções mais convencionais, menos revolucionárias. Mais: Jenson Button, que este ano está levando uma "surra" de Giancarlo Fisichella, pode deixar a equipe. Neste domingo, no GP da Europa, o italiano foi 11º e o inglês, 13º, mas uma volta atrás. Tem sido assim até agora este ano. Flavio Briatore, diretor da Benetton, futura Renault, não o quer mais lá. Tudo o que a equipe conseguiu este ano foi um ponto, com Fisichella, no Brasil. Entre os construtores está na frente apenas da Minardi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.