Hublot/Divulgação
Hublot/Divulgação

Bernie Ecclestone exibe olho roxo em anúncio de relógios

Chefe da F1 tira proveito de violento assalto sofrido em Londres e vira garoto-propaganda da Hublot

estadão.com.br,

07 de dezembro de 2010 | 15h49

SÃO PAULO - Bernie Ecclestone tirou proveito do violento assalto que sofreu em frente à sede de sua empresa, Formula One Holdings, em Knightsbridge, uma das áreas mais nobres de Londres, no fim do mês de novembro. Com o olho roxo por conta de socos e chutes que levou, o chefe comercial da Fórmula 1 posou como garoto-propaganda da marca suíça Hublot, que é patrocinadora da categoria.

Ecclestone estava junto com sua namorada, a brasileira Fabiana Flosi, quando foi atacado por quatro homens e teve roubados mais de R$ 500 mil em joias, incluindo um relógio Hublot. Ele sofreu ferimentos leves na cabeça e foi levado a um hospital próximo, onde recebeu tratamento e foi liberado em seguida.

"Eles (os assaltantes) procuram as vítimas entre as pessoas que são meio lentas e ingênuas, mas com as pessoas que parecem mais espertas, eles nunca vão atrás delas", disse o dirigente, após o ocorrido.

Apostando no slogan "olhe o que as pessoas farão por um Hublot", o anúncio será lançado nos jornais Financial Times e International Herald Tribune, na Inglaterra, na próxima semana.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Bernie Ecclestone

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.