Bernoldi é obrigado a dar passagem

A Ferrari não teve coragem derepetir em Nurburgring, a marmelada do GP da Áustria, quandoobrigou Rubens Barrichello a dar passagem a Michael Schumacher apoucos metros da linha de chegada, mas teve brasileiro quesentiu a peso da chamada "estratégia de equipe" no GP daEuropa, disputado neste domingo. Desta vez, a vítima foi EnriqueBernoldi, da Arrows, que segundo informou sua assessoria deimprensa, foi obrigado a dar passagem a seu companheiroHeinz-Harald Frentzen em duas oportunidades durante a corrida."É claro que se você está mais rápido que seu parceiro é muitochato receber uma ordem para dar passagem. Em termos decompetitividade, é um desestímulo, um balde de água fria,especialmente no calor de uma competição tão dura quando umacorrida de F 1", resumiu o piloto brasileiro. "Mas este tipode diferenciação é um obstáculo com o qual tenho lidado ao longode toda a temporada", disse Bernoldi.Depois de largar na última fila, Bernoldi fez uma corrida derecuperação e conseguiu chegar em 10º.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.