Biaggi vence nas motos e Barros é 3º

O piloto italiano Max Biaggi, da Yamaha, obteve um feito histórico, nesta madrugada de domingo, ao vencer o GP da Malásia de MotoGP (antiga 500 cc), 14ª das 16 etapas programadas para a temporada 2002. Esta foi a 600ª vitória da Itália no motociclismo. O também italiano Valentino Rossi, campeão mundial antecipado, chegou em segundo lugar, seguido pelo brasileiro Alexandre Barros, que largou na pole position e liderou as 11 primeiras voltas. Na classificação, Biaggi assumiu o segundo lugar,com 189, superando Ukawa (182). Barros é o quarto, com 159 pontos. Rossi acumula 310 pontos. Nas 250 cc, Fonsi Nieto manteve esperanças de conquistar o título. O espanhol venceu a prova, seguido pelo compatriota Toni Elias e pelo italiano Roberto Rolfo. Marco Melandri, da Itália, líder do mundial, com 248 pontos, abandonou a prova na segunda volta, com problemas elétricos. A duas provas do fim da temporada, Nieto soma 221 pontos. Nas 125 cc, o francês Arnaud Vincent, da Aprilia, foi o primeiro colocado, superando o italiano Lucio Cecchinello e o espanhol Daniel Pedrosa. A próxima etapa será na Austrália, no próximo domingo, e a última em Valência, na Espanha, dia 3 de novembro. Confira a classificação do GP da Malásia de MotoGP: 1) Max Biaggi (ITA) - 44min01s592 (média: 158,778 km/h) 2) Valentino Rossi (ITA) - a 0s542 3) Alex Barros (BRA) - a 1s572 4) Tohru Ukawa (JAP) - a 2s238 5) Daijiro Kato (JAP) - a 8s475 6) Shinya Nakano (JAP) - a 23s000 7) Carlos Checa (ESP) - a 24s360 8) Kenny Roberts (EUA) - a 24s709 9) Loris Capirossi (ITA) - a 27s669 10) Norick Abe (JAP) - a 41s811

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.