Hiroshi Yamamura/EFE<br>
Hiroshi Yamamura/EFE

Bianchi sai do coma induzido e é transferido para hospital na França

Apesar de continuar inconsciente e em condição crítica, piloto da F-1 evolui e fará nova parte do tratamento em Nice, perto de seus familiares

Estadão Conteúdo

19 de novembro de 2014 | 14h54

A família do piloto Jules Bianchi informou nesta quarta-feira que o francês teve ligeira melhora e foi transferido do Japão para um hospital da França. Bianchi, que sofreu grave acidente durante o GP do Japão de Fórmula 1, em 5 de outubro, foi retirado do coma induzido, mas ainda está inconsciente e em condição crítica.

"Seu tratamento agora vai entrar em uma nova fase quanto à evolução do funcionamento cerebral", informaram os pais do piloto, Philippe e Christine, por meio da assessoria de imprensa da equipe Marussia. "Embora sua situação permaneça séria, e assim pode continuar, foi decidido que Jules estava suficientemente estável para ser repatriado à França."

Com esta ligeira melhora, Bianchi foi transferido do Mie General Hospital, em Yokkaichi, para a cidade de Nice. Ao todo, o piloto ficou internado no Japão durante quase um mês e meio. "Estamos aliviados em confirmar que Jules foi transferido na noite passada. Agora, ele está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Le Centre Hospitalier Universitaire. Perto de casa, ele poderá estar cercado e apoiado por mais familiares e por seus amigos."

Na prática, pouco se alterou no estado do piloto. "Jules não está mais sob coma artificial no qual foi colocado logo depois do acidente. Entretanto, segue inconsciente", afirmaram os pais. "Ele respira sem ajuda de aparelhos e seus sinais vitais estão estáveis, mas sua condição ainda é classificada como crítica."

Os pais de Bianchi agradeceram aos médicos pelo atendimento recebido no Mie General Hospital. "Temos um grande débito de gratidão com o corpo médico por tudo que fizeram por Jules e também por nossa família durante este momento tão difícil. Em particular, agradecemos aos doutores Kamei e Yamamichi e também ao senhor Ogura, todos membros do pessoal que cuidou do Jules no Japão", disseram Philippe e Christine Bianchi.

O piloto sofreu grave acidente na 43ª volta do GP do Japão, no Circuito de Suzuka, no início de outubro. Sob forte chuva, o piloto da Marussia perdeu o controle do seu carro na curva sete, escapou da pista e se chocou com o trator que removia da área de escape a Sauber do alemão Adrian Sutil, que havia sofrido acidente na volta anterior da prova.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.