Reproduçãoi/Twitter/Venturi Team
Reproduçãoi/Twitter/Venturi Team

Bird sofre punição na Fórmula E e Mortara herda vitória em Hong Kong

Suíço da Venturi chega a seu primeiro triunfo do ano; Massa, da mesma equipe, fica em quinto, e Di Grassi em segundo

Redação, Estadão Conteúdo

10 de março de 2019 | 14h54

O piloto suíço Edoardo Mortara, da Venturi, herdou a vitória de Sam Bird na etapa de Hong Kong da Fórmula E. O piloto britânico terminou a corrida em primeiro, mas foi penalizado com cinco segundos no tempo final dele, depois de a organização da prova considerá-lo culpado por acidente que tirou Andre Lotterer da briga pela ponta.

O piloto da Virgin perseguiu Lotterer durante toda a prova. Na parte final da corrida, o inglês encostou no alemão, furando o pneu da Techeetah. O carro parou e abriu caminho para a vitória de Bird.

Essa foi o primeiro triunfo de Mortara na Fórmula E, o quinto de um piloto diferente em cinco corridas disputadas na atual temporada. Por causa dos cinco segundos de punição sofridos, Bird caiu para o sexto lugar na classificação final. Lucas Di Grassi foi promovido para o segundo lugar e Felipe Massa para a quinta posição.

A Virgin apelou da punição, mas a equipe vai ter de aguardar o trâmite da corte da apelação. Bird vai aos 54 pontos e lidera a classificação. Jérôme d'Ambrosio, que sodreu um abandono em Hong Kong, para nos 53 e fica com o segundo lugar. Com 52, Di Grassi fica com o terceiro posto. Mortara surge em quarto, com 52, e António Félix da Costa cai para o quinto, com 47. Com 14, Massa é o 14º. Piquet tem um ponto e é o 20º. Nasr ainda não pontuou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.