Quique Garcia/AFP
Quique Garcia/AFP

Bottas coloca Williams no topo em teste final da F-1; Felipe Nasr é o 3º

Finlandês faz 1min23s063, à frente de Sebastian Vettel, da Ferrari

Estadão Conteúdo

01 Março 2015 | 16h01

Os testes da pré-temporada da Fórmula 1 foram encerrados neste domingo com a Williams no topo da tabela de tempos. O finlandês Valtteri Bottas foi o mais rápido do dia, à frente do alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, e do brasileiro Felipe Nasr, da Sauber. Nico Rosberg, dono do melhor tempo nas duas baterias de testes em Barcelona, foi apenas o sétimo mais veloz deste domingo.

Bottas obteve o melhor tempo com pneus supermacios. Ele marcou 1min23s063 na mais rápida de suas 89 voltas no traçado do Circuito da Catalunha. Com este rendimento, o finlandês superou Felipe Massa, que detinha o melhor tempo da Williams, registrado no sábado, com 1min23s262.

O tempo de Bottas foi o terceiro melhor da terceira e última bateria de testes da pré-temporada, disputada em Barcelona, assim como na segunda - a primeira foi sediada em Jerez de la Frontera, também na Espanha. Só ficou atrás da marca de Rosberg na sexta e de Lewis Hamilton, no sábado.

O bom rendimento da dupla aumentou o favoritismo da Mercedes para a temporada 2015, apesar da performance discreta do alemão neste domingo. Dando preferência para trajetos mais longos, as simulações de corrida, Rosberg marcou apenas 1min25s186s, em 148 voltas, bem acima do 1min22s792 obtido na sexta.

Enquanto o alemão privilegiava tiros mais longos, Vettel foi até o limite de sua Ferrari. Em 129 voltas, ele anotou o segundo melhor tempo do dia, com 1min23s469. Assim como o tetracampeão, Felipe Nasr usou os supermacios para marcar 1min24s023. O brasileiro obteve a maior quilometragem deste domingo, com 159 voltas.

O holandês Max Verstappen foi o quarto mais veloz (1min24s527), seguido do australiano Daniel Ricciardo (1min24s638) e do mexicano Sergio Pérez (1min25s113). O inglês Jenson Button voltou a dar poucas voltas com sua McLaren. Com 30 giros, não passou do oitavo tempo: 1min25s327. O venezuelano Pastor Maldonado foi o último, com 1min28s272, em 36 voltas.

Os testes deste domingo encerraram três baterias de treinamentos em Jerez e Barcelona. Ao todo, foram 12 dias de trabalhos, nos quais a Mercedes voltou a se sobressair, principalmente na parte final.

Agora as equipes tem duas semanas para acertar os últimos detalhes dos seus carros antes do início do campeonato. A temporada vai começar no dia 15 de março, com o GP da Austrália, em Melbourne.

Mais conteúdo sobre:
Fórmula 1 testes Williams Bottas Velocidade

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.