Maxim Shemetov/Reuters
Maxim Shemetov/Reuters

Bottas lidera dobradinha da Mercedes em treino livre na Rússia e Verstappen fica em 3º

No primeiro dia de atividades na pista de Sochi, finlandês é o mais rápido com o tempo de 1min34s427. Lewis Hamilton fica na segunda colocação com 1min34s638

Redação, Estadão Conteúdo

24 de setembro de 2021 | 08h44

Em uma prova que promete muita disputa entre os dois concorrentes ao título — o holandês Max Verstappen e o inglês Lewis Hamilton —, um intruso apareceu na frente deles no primeiro treino livre para o GP da Rússia, a 15.ª etapa da temporada 2021 da Fórmula 1. O finlandês Valtteri Bottas, companheiro do heptacampeão mundial na Mercedes, foi o mais rápido na primeira atividade de pista em Sochi com o tempo de 1min34s427 na melhor de suas 25 voltas.

Com pneus macios, Bottas liderou uma dobradinha da Mercedes, já que Hamilton ficou com a segunda colocação com 1min34s638. Verstappen, líder do campeonato com cinco pontos a mais que o inglês (226,5 contra 221,5), ficou perto do tempo do rival e fechou o Top 3 da sessão com a Red Bull a 0s227 (1min34s654) da marca registrada pelo finlandês.

Apesar da previsão de chuva forte para este sábado e domingo, a Fórmula 1 conseguiu realizar o primeiro treino livre para o GP da Rússia com pista seca. A categoria chega a Sochi cercada de mistérios envolvendo os protagonistas na luta pelo Mundial, com todos se perguntando se Hamilton e Verstappen aproveitarão as características da pista, com longas retas que permitem ultrapassagens, para trocar suas unidades de potência e largar do fundo do grid.

Charles Leclerc mostrou logo no primeiro treino livre o quão bom parece ser a nova especificação de motor da Ferrari. O monegasco chegou a andar por boa parte da sessão em terceiro antes de ter sido superado por Verstappen. Mesmo assim, o quarto lugar na sessão pode ser considerado algo alentador para a escuderia italiana. Como também foi bastante positivo o quinto lugar do alemão Sebastian Vettel com a Aston Martin.

O francês Pierre Gasly, novamente com bom desempenho na AlphaTauri, se colocou em sexto, à frente da Ferrari do espanhol Carlos Sainz Jr.. O inglês Lando Norris, com a McLaren, foi o oitavo colocado, seguido pela Red Bull do mexicano Sergio Pérez e pela Alpine do espanhol Fernando Alonso. Grande vencedor do GP da Itália no último dia 12, o australiano Daniel Ricciardo posicionou a McLaren em 14.º lugar.

Já na parte final da sessão, as equipes dedicaram os minutos derradeiros às habituais simulações em ritmo de corrida. Algo que, em termos de informação, pode valer praticamente nada em razão da mudança de tempo esperada para este sábado, com a previsão de muita chuva ao longo de todo o dia. Antes, ainda nesta sexta-feira, a partir das 9 horas (de Brasília), acontece o segundo treino livre.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.