Reprodução/Twitter
Reprodução/Twitter

Brasileiro André Ribeiro, ex-piloto da Indy, morre vítima de câncer aos 55 anos

Ele foi o único brasileiro a conseguir vencer uma prova da categoria no Brasil e escondeu a doença de seus amigos mais próximos e até de familiares

Redação, Estadão Conteúdo

23 de maio de 2021 | 11h12

O automobilismo mundial está de luto. Neste domingo de GP do Mônaco da Fórmula 1, os fãs da modalidade foram surpreendidos com a notícia da morte do ex-piloto brasileiro André Ribeiro, que se destacou na Fórmula Indy, vítima de câncer no intestino aos 55 anos.

De acordo com a F1Mania, André Ribeiro escondeu a doença de seus amigos mais próximos e até de familiares. Não queria deixar ninguém preocupado. Ele deixa três filhas e muita saudade no mundo da velocidade.

André Ribeiro foi o único brasileiro a conseguir vencer uma prova da Fórmula Indy no Brasil. Um de seus três triunfos na categoria de monoposto aconteceu na Rio 400, em Jacarepaguá, em 1996. O piloto disputou a categoria com carros da Tasman e da Penske.

Considerado um gentleman. André Ribeiro era um piloto que todos gostavam de ter como amigo. Sempre solicito, não dispensava ajudar um companheiro e carregava enorme apreço nas pistas mesmo com rivais de equipe.

Sua carreira começou aos 19 anos, ainda no kart. Passou por Fórmula Opel, Fórmula 3 Inglesa e Fórmula 3 sempre sonhando em chegar à Fórmula 1. Acabou na Indy Lights e, por fim, na Indy. Aposentou das pistas aos 31 anos, quando estava na Penske, para investir na carreira de empresário do ramo automobilístico.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.