Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Brasileiros criticam pneus nos primeiros treinos em Abu Dabi

Felipe Massa e Felipe Nasr deixaram os primeiros treinos do GP de Abu Dabi de Fórmula 1 insatisfeitos com o comportamento dos pneus na abrasiva pista do Circuito de Yas Marina. Os dois pilotos brasileiros esperavam extrair melhor rendimento da Williams e da Sauber, respectivamente, nesta última etapa do campeonato.

Estadão Conteúdo

27 de novembro de 2015 | 16h13

"Eu esperava ir melhor. Não melhoramos tanto na troca dos pneus macios pelos supermacios, em comparação a outros carros. Então teremos que melhorar isso para amanhã", comentou Massa, que não demonstrou maior preocupação com os compostos da Pirelli. "Não acho que sejam grandes problemas a serem compreendidos. Espero que tudo dê certo amanhã."

Sofrendo com os pneus, Massa terminou em 10º e 12º lugar nos dois treinos livres desta sexta-feira. Com rendimento um pouco abaixo, Felipe Nasr obteve o 15º e o 17º melhor tempo das sessões.

"Acho que não administramos bem os pneus, quando fomos para o segundo treino, com temperaturas mais baixas", opinou Nasr, que perdeu rendimento na segunda sessão. As temperaturas eram mais baixas porque começava a anoitecer em Abu Dabi - no domingo, a corrida terá largada com sol e será finalizada já com o céu escurecido.

"Com certeza há espaço para melhorias se conseguimos encontrar a temperatura mais adequada para os pneus. Ainda é sexta-feira, vamos analisar os dados que temos para compreender melhor o comportamento dos pneus."

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP de Abu DabiFelipe Massa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.