Brasileiros dominam 1ª treino da Indy

Os brasileiros dominaram o primeiro treino livre para o GP de Vancouver da Fórmula Indy, nesta sexta-feira. Na sessão realizada no circuito de rua Concord Pacific Place, os quatro primeiros colocados foram pilotos do País. A melhor volta foi de Tony Kanaan, da equipe Mo Nunn, que fez o tempo de 1m01s958.Depois de Tony Kanaan, Cristiano da Matta, da Newman/Haas, conseguiu o segundo melhor tempo (1m01968). O terceiro colocado foi Gil de Ferran, da Penske, com 1m02s302. E na quarta posição ficou Roberto Moreno, que marcou 1m02s323 com sua Patrick.Entre os outros brasileiros, Christian Fittipaldi (Newman/Haas) fez o 10 melhor tempo do treino (1m02s762), Hélio Castro Neves (Penske) foi o 14 (1m03s020), Bruno Junqueira (Chip Ganassi) foi o 18 (1m03s356), Mauricio Gugelmin (PacWest) foi o 19 (1m03s370) e Max Wilson (Arciero Blair) conseguiu fazer apenas a 34 marca da sessão, com 1m05s519.Max Wilson, inclusive, teve trabalho dobrado no primeiro treino livre. Praticamente na metade da sessão de 1 hora e 45 minutos de duração, ele sofreu um pequeno acidente e seu carro teve um princípio de incêndio. Já fora do cockpit e vendo que a equipe de segurança do autódromo demorava para chegar, o brasileiro ficou desesperado, pois temia que o carro estragasse demais.Afinal, Max perdeu a etapa de Chicago (dia 29 de julho), pois sua equipe, sem grandes recursos financeiros, ficou sem carro para a prova. Sabendo disso, o piloto pegou um balde cheio de água da mão de um fiscal e apagou ele mesmo o princípio de incêndio. ?Ainda bem que o estrago não foi grande?, comemorou o brasileiro, que não pôde melhorar seu tempo no treino, mas salvou seu fim de semana.A definição do grid acontece neste sábado, das 17h45 às 19 horas (horário de Brasília), e a corrida, 14 etapa do Mundial de Fórmula Indy, tem largada programada para as 18 horas de domingo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.