Brasileiros fazem dobradinha na IRL

A Penske mostrou sua força na segunda etapa do campeonato da Indy Racing League, neste domingo, nas 200 Milhas de Phoenix, no Arizona. A equipe fez a dobradinha com a vitória de Hélio Castro Neves e o segundo lugar de Gil de Ferran, deixando o americano Sam Hornish Jr, campeão de 2001 e vencedor da abertura da temporada em Homestead, em terceiro lugar. A dupla brasileira repetiu o resultado das 500 Milhas de Indianápolis, no ano passado, quando conquistou para a Penske os dois primeiros lugares da corrida. Sam Hornish continua na liderança do campeonato. Esta foi a primeira vez que um piloto brasileiro venceu uma corrida regular da IRL, disputando o campeonato. No ano passado, Helinho ganhou as 500 Milhas de Indianápolis, com a presença de pilotos da IRL, Cart e Nascar. Mas nem o piloto brasileiro nem a equipe Marlboro/Penske estavam competindo no campeonato da IRL. A prova teve diversos líderes e muitos acidentes que provocaram sete bandeiras amarelas. No acidente mais importante para a definição da corrida, Scott Sharp e Eddie Cheever, que liderava a corrida, bateram no carro de Anthony Lazzaro, na volta 104. Antes, o brasileiro Felipe Giaffone, da equipe Hollywood/Mo Nunn, abandonou a pista depois de envolver-se em uma batida com os pilotos George Mack e Roby McGhee. Helinho, que largou na pole, perdeu a liderança para Sam Hornish Jr. na volta 23 e só conseguiu recuperá-la no último quarto da corrida quando passou a disputar a ponta com Gil de Ferran. Na volta 183, na saída de uma bandeira amarela, Helinho superou o companheiro de equipe, ganhando a corrida. Airton Daré, com Dallara/Chevy da equipe A. J. Foyt, teve diversos problemas desde os treinos de sexta-feira e só chegou em 12º lugar. A situação das primeiras posições está assim: Sam Hornish Jr. ocupa o primeiro lugar com 89 pontos, seguido por Helinho, 85, Gil de Ferran, 80, e pelo chileno Eliseo Salazar, 62. Os brasileiros Airton Daré e Felipe Giaffone estão, respectivamente, em 8º e 10º lugares, com 38 e 37 pontos.

Agencia Estado,

17 Março 2002 | 21h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.