Marwan Naamani/ AFP
Marwan Naamani/ AFP

Brasileiros vivem sentimentos distintos após treinos no Bahrein

Nas duas atividades, Felipe Massa é décimo e Nasr, oitavo

Estadão Conteúdo

17 de abril de 2015 | 18h05

Os pilotos brasileiros viveram uma sexta-feira de emoções distintas no primeiro dia de treinos livres para o GP do Bahrein de Fórmula 1. Feliz com sua Sauber, Felipe Nasr comemorou bastante a oitava colocação nas duas sessões. Já Felipe Massa não gostou do que sua Williams fez no circuito de Sakhir, com a 10.ª posição nas duas atividades, mas mantém a esperança de um sábado melhor no treino oficial de classificação.

"Foi até uma surpresa. Eu não esperava que o carro estivesse tão competitivo. Ele esteve bem equilibrado na sessão que foi realizada à noite e o ritmo tanto da simulação de classificação, quanto de corrida, foi muito bom. Especialmente com o pneu médio. Acho que pode ser uma vantagem para nós na corrida. É só um treino, mas estamos no caminho certo", afirmou Felipe Nasr.

Já Felipe Massa destacou que faltou estabilidade na parte traseira de sua Williams. Mas crê em uma melhora neste sábado, tendo em vista que o finlandês Valtteri Bottas, seu companheiro de equipe, não teve problemas com o carro nesta sexta-feira.

"Não foi uma sexta-feira perfeita para mim, pois sofri um pouco com o acerto do carro e tenho trabalho pela frente para amanhã, mas acho que estamos na luta. A Ferrari e a Mercedes estão fortes como sempre, mas espero que estejamos mais perto. Sem dúvida, os problemas que acerto que tive fizeram com que minha simulação de corrida fosse pior do que a do meu companheiro. Então tem o que melhorar", comentou Massa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.