Bruno Junqueira garante vaga nas 500 Milhas da F-Indy

O piloto brasileiro Bruno Junqueira garantiu neste domingo um lugar nas 500 Milhas de Indianápolis. No Bump Day, única vez em que pôde pilotar o carro da Conquest, o brasileiro conseguiu a 30ª colocação no grid, na penúltima fila.

AE, Agencia Estado

17 Maio 2009 | 21h00

A classificação dele para a prova também deve-se ao clima. Com as condições meteorológicas mais favoráveis do que no sábado, muitos pilotos conseguiram atingir velocidades mais altas, e obter resultados melhores em relação à véspera.

Tomas Scheckter, Mike Conway, John Andretti, EJ Viso, a venezuelana Milka Duno, Nelson Philippe e Ryan Hunter-Reay garantiram participação na prova durante a sessão deste domingo. O canadense Alex Tagliani, Stanton Barrett e Buddy Lazier (vencedor em 1996), que tinham lugar na corrida até os treinos da véspera, ficaram fora.

Com a classificação de Junqueira, serão seis os brasileiro entre os 33 que formam o grid para a corrida mais famosa do mundo. Hélio Castroneves assegurou na última semana a pole position para a prova do próximo dia 24. Tony Kanaan larga em sexto, à frente de Mário Moraes. Raphael Matos larga em 12.º e Vitor Meira em 14º.

Grid completo das 500 Milhas:

1.º - Helio Castroneves (BRA/Penske), 224.864mph (média)

2.º - Ryan Briscoe (AUS/Penske), 224.083mph

3.º - Dario Franchitti (ESC/Ganassi), 224.010mph

4.º - Graham Rahal (EUA/Newman-Haas-Lanigan), 223.954mph

5.º - Scott Dixon (NZL/Ganassi), 223.867mph

6.º - Tony Kanaan (BRA/Andretti Green), 223.612mph

7.º - Mário Moraes (BRA/KV), 223.331mph

8.º - Marco Andretti (EUA/Andretti Green), 223.114mph

9.º - Will Power (AUS/Penske), 223.028mph

10.º - Danica Patrick (EUA/Andretti Green), 222.882mph

11.º - Alex Lloyd (ING/Ganassi-Sam Schmidt), 222.622mph

12.º - Raphael Matos (BRA/Luczo Dragon), 223.429mph

13.º - Paul Tracy (CAN/KV), 223.111mph

14.º - Vitor Meira (BRA/Foyt), 223.054mph

30.º - Bruno Junqueira (BRA/Conquers), 221.115mph

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.