Bruno Junqueira vence etapa da F-Cart

Correr nas ruas de Denver faz mesmo bem para o brasileiro Bruno Junqueira, da Newman-Haas. Neste domingo, ele venceu pela segunda vez consecutiva uma prova na capital do Estado do Colorado e, mais importante, reduziu sua desvantagem para o canadense Paul Tracy na luta pelo título da Cart. Bruno, agora, tem 186 pontos, 18 a menos que o piloto da Forsythe, que soma 204.O brasileiro dominou o GP. Largou na pole e só não repetiu seu desempenho do ano passado - quando largou na pole e ganhou de ponta a ponta - porque, neste domingo, os mecânicos da Newman-Haas trabalharam mal no seu primeiro pit stop, na volta 32, e permitiram que fosse ultrapassado no box pelo espanhol Oriol Sérvia, da Patrick Racing.Mas no giro 63, na segunda série de paradas obrigatórias, um trabalho eficiente fez com que Bruno voltasse à frente de Sérvia. Melhor: seu companheiro de equipe, o francês Sebastien Bourdais, assumiu o segundo lugar, com o espanhol caindo para terceiro.A partir daí, Bruno tratou de concentrar-se em buscar sua segunda vitória no ano - venceu em Elkhart Lake -, protegido por Bourdais. Ele completou as 106 voltas em 2h03min10s259, com 0s335 atrás de vantagem para o francês. Servia completou o pódio, com Paul Tracy em quarto. "A prova foi bem difícil, andei no limite as 106 voltas e a vitória foi uma consagração. Denver é sem dúvida uma grande prova para mim?, disse Bruno.Mário Haberfeld, da Conquest, terminou em 10º. Poderia ter obtido posição bem melhor, não tivesse sido tocado pelo mexicano Mario Domingues, da Herdez, na fase final da corrida. Pior ainda aconteceu com o português Tiago Monteiro, da Fittipaldi-Dingman, que era forte candidato à sexta posição até ser tirado da prova na volta 88 pelo estreante Mika Salo, da PK. Roberto Moreno, da Herdez, e Gualter Salles, da Dale Coyne, também ficaram pelo caminho.No campeonato, o mexicano Michel Jourdain Jr., com 165 pontos, e o francês Bourdais, com 142, ainda têm chances - remotas - de título, a quatro etapas do final. A próxima será dia 28, nas ruas de Miami.Haberfeld, com 60 pontos, é o 11º na classificação; Moreno, com 51, o 12º; e Salles, com 3, o 21º.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.