Bruno Junqueira vence na Champ Car

O brasileiro Bruno Junqueira surpreendeu hoje ao vencer o GP de Monterrey, segunda etapa da temporada 2005 da Champ Car. O piloto da Newman-Haas havia largado na quinta posição, mas após nove bandeiras amarelas acabou desbancando os favoritos e conquistando sua primeira vitória no ano (foi terceiro na prova inaugural, em Long Beach). Junqueira completou as 76 voltas no circuito mexicano em 2h03min38s021, seguido por dois canadenses - o estreante Andrew Ranger (Conquest Racing), em segundo, e Alex Tagliani (Team Australia), em terceiro. Os favoritos não deram sorte. Vencedor da prova de abertura, o francês Sebastien Bourdais dava pinta de que iria vencer mais uma, ao marcar a pole position no sábado. Ao final da corrida, porém, teve de se contentar com a quinta colocação. Pior foi o desempenho do canadense Paul Tracy, da Forsythe, que abandonou na volta 49. O mineiro Cristiano da Matta, que fez a segunda corrida em seu retorno à categoria, levou o carro da PKV Racing à sexta posição. Já Ricardo Sperafico não foi bem e acabou fora da prova, ainda na volta 28. A etapa acabou marcada pelo alto número de paralisações (nove) e desistências. Como resultado, apenas metade dos 20 pilotos que largaram receberam a bandeirada final. A classificação agora traz Junqueira na liderança, com 59 pontos, seguido de perto por Bourdais, com 58. Da Matta aparece em oitavo, com 30 e Sperafico está no 18.º lugar, com 6 pontos ganhos. Na próxima etapa, a Champ Car volta aos Estados Unidos, onde disputa o GP de Milwaukee, no dia 2 de junho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.