Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Bruno Senna admite que ainda está longe da Fórmula 1

Foi exatamente no país em que Ayrton Senna venceu sua última corrida na Fórmula 1, em 1993. Nesta sexta-feira, na Austrália, numa prova da F3 australiana, a família Senna voltou às vitórias no automobilismo. Foi com Bruno Senna, que tem 22 anos e é sobrinho do grande campeão.Bruno venceu pela primeira vez desde que decidiu seguir o caminho do tio famoso e tornar-se piloto, há menos de dois anos. E tirou um peso das costas. ?Foi um alívio. Todo mundo espera que você ganhe, mas a pressão maior é a que eu mesmo me coloco. Desde que eu sentei num carro, dizia a mim mesmo: ´Eu preciso ser primeiro, preciso saber o que é isso´. Chegou!? A primeira vitória de Bruno ocorreu no melhor cenário possível, diante de todos os chefes de equipe da Fórmula 1. ?De fato fez uma diferença grande. Avisei o pessoal da McLaren, falei com o Gerhard Berger, pedi que assistissem porque eu iria ganhar?, contou. Nunca o pódio de uma corrida de Fórmula 3 reuniu tantos fotógrafos quanto nesta sexta-feira. Tudo por causa de Bruno Senna. "Depois que você ganha a primeira corrida você não quer chegar em nenhuma outra colocação, deseja apenas vencer?, disse o piloto. ?Aproveitei bem a vantagem técnica de competir na Fórmula 3 na Inglaterra.? Bruno disputará este ano sua segunda temporada na Fórmula 3 inglesa. Em 2005, praticamente a sua estréia como piloto, obteve duas segundas colocações, além de ter conquistado uma pole position.?Meus planos, agora? Disputar um bom campeonato na Fórmula 3 britânica, um grande escola, terminar dentre os três primeiros, o que é uma meta realista, e aí correr na GP2 por uns dois anos?, disse Bruno. "Acho que aí estaria pronto, bem formado, para a Fórmula 1. O pessoal da Williams até já conversou comigo sobre um teste, mas penso que é mais por causa do patrocínio da Petrobras na equipe. Ainda não é a hora.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.