Mick Tsikas/Reuters - 25/03/2010
Mick Tsikas/Reuters - 25/03/2010

Bruno Senna correrá com novo motor no GP da China

Hispania também altera tanque de combustível do brasileiro, que será igual ao de Chandhok

AE, Agência Estado

13 de abril de 2010 | 12h44

O piloto Bruno Senna anunciou nesta terça-feira que correrá com um novo motor no GP da China de Fórmula 1, quarta etapa da temporada, que acontecerá neste domingo. O tanque de combustível do carro do brasileiro também mudará e será igual ao de seu companheiro de equipe, o indiano Karun Chandhok.

A equipe HRT decidiu mudar o motor de Bruno Senna por medidas de segurança. "Terminei o GP da Malásia com pouca gasolina no tanque, e não faz bem para o motor trabalhar meio no seco. Por isso, vamos utilizá-lo apenas nos treinos livres da sexta-feira e deixar o novo para os dias seguintes", explicou o piloto.

O brasileiro já está em Xangai desde segunda-feira. Nesta quarta, ele deverá visitar o circuito. E no dia seguinte, acompanhado dos técnicos da Hispania, fará o reconhecimento do traçado.

O carro de Bruno Senna será basicamente o mesmo do GP da Malásia, quando ele completou sua primeira corrida na Fórmula 1. "Não teremos nenhuma evolução, nada que possa melhorar substancialmente o rendimento. Por enquanto, o que podemos fazer nesta fase é mexer em algumas coisas, como na distribuição de peso", declarou o piloto.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1HRTBruno Senna

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.