Bruno Senna diz estar pronto para chegar à F-1 em 2009

O piloto brasileiro acredita que já poderia correr na principal categoria do automobilismo mundial

AE, Agencia Estado

30 de setembro de 2008 | 12h48

Bruno Senna pode ser o próximo piloto brasileiro a chegar à Fórmula 1. Sobrinho do tricampeão Ayrton Senna e vice-campeão da GP2 neste ano, ele diz estar pronto para encarar o desafio de correr na categoria máxima do automobilismo, mesmo depois de apenas quatro anos de carreira."Se eu tiver a chance de ser titular, o que inclui a tarefa de desenvolver o carro e o envolvimento com a equipe, cada quilômetro rodado será valioso e poderei acelerar meu aprendizado. Para ser sincero, não será uma situação nova para mim. Tem sido assim desde que cheguei à Europa", afirmou o piloto.Bruno lamentou a derrota para o italiano Giorgio Pantano na disputa pelo título da GP2, mas disse não acreditar que o vice-campeonato feche portas na Fórmula 1. "Na verdade, a principal diferença é que ser campeão poderia ter aberto muitas portas na Fórmula 1. Mas, por enquanto, nenhuma se fechou. Desta forma, ter sido vice não alterou quase nada."Na Fórmula 1, o nome de Bruno Senna já foi ligado a Honda e Toro Rosso. Na escuderia japonesa, as chances maiores são para ser piloto de testes. Já na equipe italiana há a possibilidade de ser titular, embora pequena, já que o time deve fechar com o suíço Sebastien Buemi.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP2Bruno Senna

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.