Bruno Senna faz a pole na abertura da F-3 britânica

Bruno Senna marcou neste sábado a pole position para a primeira prova da temporada da Fórmula 3 inglesa, no circuito de Oulton Park. Ele marcou o tempo de 1m30s109, e superou por 48 centésimos o inglês Stephen Jelley, seu companheiro na equipe Raikkonen Robertson Racing. O brasileiro também ficou com o segundo tempo no grid para a segunda prova, invertendo a posição com o companheiro de equipe.?Cometi um erro em minha volta voadora (na segunda sessão). Forcei demais e dei uma traseirada no carro. Mesmo assim, fiquei a menos de um décimo dele. A verdade é que peguei a mão da pista muito rapidamente", disse Senna. Bruno deu dez voltas válidas, em duas sessões classificatórias de meia hora. As duas corridas serão disputadas na segunda-feira. No domingo, não haverá atividade por causa das comemorações da Páscoa. "Segunda-feira, vou procurar tomar a ponta logo na largada, abrir o máximo possível e depois administrar. Essa é a melhor estratégia para escapar das confusões. De qualquer forma, tenho pneus bons para as corridas e acho que dá para ganhar as duas?, avisou o piloto de 22 anos. Bruno é sobrinho do tricampeão mundial de Fórmula 1 Ayrton Senna e venceu no mês de março suas primeiras provas na carreira - três de quatro corridas de F-3 australiana, no fim de semana do GP da Austrália de Fórmula 1, em Melbourne."Como minha carreira é ainda muito curta, terminar entre os três primeiros já seria legal. Mas acho que tenho potencial, carro e equipe para ser campeão", disse, confiante, o paulista de 22 anos. Na pista inglesa estarão 22 pilotos de 11 países - Inglaterra, Holanda, México, Alemanha, Japão, Venezuela, Angola, Suécia, África do Sul, China e Brasil. Participará da prova também o mineiro Alberto Valério, atual campeão sul-americano de Fórmula 3, que largará na 12ª posição.Chance de títuloA equipe de Bruno é de propriedade de Kimi Raikkonen, piloto da McLaren na F-1, e de seu empresário Steve Robertson, e utiliza o conjunto Dallara F306-Mercedes HWA. O motor alemão, considerado o melhor da Fórmula 3, estará em nove carros da classe A, que reúne os 16 principais carros. Os outros são Mugen-Honda.A pré-temporada mostrou que os favoritos ao título devem ser Mike Conway, também da Raikkonen Robertson Racing, o mexicano Salvador Duran e o inglês James Jakes, ambos da Hitech Racing, além do próprio Senna. ?Os três foram muito bem nos testes, mas, sinceramente, isso não me assusta. Meus tempos e o do Conway nunca variam mais do que um décimo de segundo?, lembrou Bruno. A carreira de Bruno até agora se limita a 34 corridas - seis da fase final da Fórmula BMW em 2004, 22 da Fórmula 3 inglesa no ano passado, duas de Fórmula Renault em Macau no mesmo ano e quatro da Fórmula 3 australiana no início deste mês, em Melbourne, das quais ganhou três na preliminar do GP de Fórmula 1. Bruno terminou em 10.º lugar em sua primeira experiência na Fórmula 3. Somou 75 pontos e cresceu na segunda metade do calendário, quando conquistou três pódios e chegou em segundo em Nurburgring e Silverstone. O piloto sabe que estará sendo acompanhado com atenção, especialmente depois da repercussão das vitórias - as primeiras no automobilismo - na Austrália. Tranqüilo, diz que está preparado para as pressões decorrentes do sobrenome famoso. ?É natural que seja assim. Tudo que tenho a fazer é criar minha própria identidade como piloto?, afirma, já com um projeto formatado para a carreira. ?Pretendo correr na GP2 em 2007 e, se tudo der certo, estarei preparado para a F-1 em 2008?, conclui.

Agencia Estado,

15 de abril de 2006 | 10h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.