Francois Lenoir/Reuters
Francois Lenoir/Reuters

Bruno Senna torce por treino com pista seca na Bélgica

Piloto brasileiro da Williams quer se recuperar de sexta-feira frustrante em que não conseguiu dar volta cronometrada

O Estado de S. Paulo

31 de agosto de 2012 | 14h01

SPA - A sexta-feira foi frustrante para o brasileiro Bruno Senna no circuito de Spa-Francorchamps. Fora do primeiro treino livre para o GP da Bélgica, quando foi substituído pelo finlandês Valtteri Bottas, o piloto da Williams não conseguiu dar sequer uma volta cronometrada na segunda sessão por conta da chuva. Ao comentar suas expectativas para o sábado, Bruno Senna revelou torcer para que o treino de classificação seja disputado com a pista seca.

"Nós não corremos qualquer risco porque não havia necessidade, mas espero que amanhã esteja seco e possamos dar mais algumas voltas para nos preparar para a classificação", disse o brasileiro, que pretende aproveitar o terceiro treino livre como preparação para a definição do grid de largada do GP da Bélgica.

Bruno Senna deu apenas três voltas nesta sexta-feira e lamentou que nem Bottas ou o venezuelano Pastor Maldonado tenham treinado muito pela Williams para coletar dados para o restante do fim de semana do GP da Bélgica. "Não foi um dia muito útil para a equipe, uma vez que não conseguimos correr muito, de manhã ou à tarde. Nós fizemos um bom trabalho técnico tentando deixar o carro pronto para amanhã e para a corrida", afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.