Burti bate e corrida é interrompida

O GP da Belgica foi interrompido após cinco voltas, depois de um grave acidente envolvendo o brasileiro Luciano Burti, da Prost. No finalzinho da quarta volta, o carro de Eddie Irvine (Jaguar) tocou nos pneus do carro de Burti e o jogou para a barreira de pneus. O brasileiro entrou de frente contra a barreira. O safety-car entrou na pista e, logo em seguida, a prova foi suspensa.Depois de cinco voltas, o GP da Belgica tinha a liderança de Michael Schumacher; seguido de Ralf Schumacher e Rubens Barrichello. Na quarta posição estava Giancarlo Fisichella (Benetton), e os dois pilotos da McLaren, Mika Hakkinen e David Coulthard. A prova, que teve problemas na volta de apresentação, terá 43 voltas, ao invés das 44 anteriormente previstas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.