Button compara GP da Austrália a um 'conto de fadas'

O inglês Jenson Button não escondeu a felicidade pela vitória no GP da Austrália e a dobradinha da Brawn GP com o brasileiro Rubens Barrichello em segundo, neste domingo. O triunfo foi apenas o segundo do piloto na Fórmula 1, depois de ter vencido sua primeira corrida na Hungria, ainda em 2006. Button largou na pole e liderou de ponta a ponta, comparando o desempenho na estreia da nova equipe a um "conto de fadas".

AE, Agencia Estado

29 de março de 2009 | 12h28

"Que dia incrível! Este é um fim de conto de fadas para a nossa primeira corrida juntos na Brawn GP", disse Button. Mesmo ficando na primeira posição todo o GP da Austrália, o piloto inglês garantiu que o triunfo não foi fácil, principalmente por se tratar de uma equipe estreante na Fórmula 1. "Pode ter parecido uma vitória fácil, mas realmente não foi nem um pouco fácil."

Na entrevista após a vitória em Melbourne, Button lembrou por diversas vezes o momento difícil que todos da equipe viveram com a extinção da Honda e a dúvida sobre a participação na temporada 2009. "Os últimos meses foram traumáticos e quero agradecer muito a eles todos (sua família e a equipe Brawn) por terem sido tão fortes e nunca perderem a esperança", afirmou o piloto inglês.

"Neste final de semana nós conseguimos tudo o que merecíamos pelo nosso trabalho duro ao longo dos últimos meses. E é empolgante saber que há tanto ainda por vir de mim e desta equipe. Mal posso esperar para chegar à Malásia", completou o animado e confiante Jenson Button.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.