Christophe Magnenet/AFP
Christophe Magnenet/AFP

Button diz que exagerou em críticas e exibe confiança na McLaren

'Foi uma corrida difícil para mim em Barcelona', justifica o piloto

Estadão Conteúdo

20 de maio de 2015 | 14h13

Após exibir a sua decepção com o rendimento do carro da McLaren no GP da Espanha, declarando depois da prova que seria difícil somar pontos na sequência da temporada, o inglês Jenson Button adotou um discurso mais otimista na véspera dos primeiros treinos livres do GP de Mônaco e culpou as "emoções à flor da pele" por sua declaração anterior.

"Como você pode ter notado, eu fui muito franco. Quando as emoções estão à flor da pela você sempre exagera as coisas. Foi uma corrida difícil para mim em Barcelona", disse Button, que terminou a prova no circuito de Barcelona em antepenúltimo lugar entre os carros que concluíram a prova, à frente apenas dos pilotos da Marussia.

Button explicou, porém, que os dias seguintes ao GP da Espanha lhe trouxeram mais confiança, especialmente pelo desempenho da McLaren nos testes coletivos na pista que foi palco da corrida. Além disso, destacou que o carro da equipe inglesa apresentará novidades no GP de Mônaco.

"Foi bom ter o teste depois, também em Barcelona, para realmente colocar tudo no lugar certo. O carro estava muito bom de pilotar, muito mais consistente, especialmente no ritmo em longos trechos. Tivemos também algumas peças novas para testar para a temporada, mas também especificamente para aqui. Foi um bom teste", disse Button, que venceu a tradicional prova em 2009, ano em que também foi campeão mundial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.