Button diz que McLaren vai melhorar ainda mais

Inglês mostrou-se satisfeito com desempenho na Malásia, mas acredita em vitória na China

AE, Agência Estado

10 de abril de 2011 | 12h57

KUALA LUMPUR - O inglês Jenson Button ficou satisfeito com o seu resultado no GP da Malásia, mas avaliou que a McLaren ainda pode melhorar. Segundo colocado na prova deste domingo, ele acredita que poderá lutar pela vitória no próximo fim de semana, quando será realizado o GP da China, em Xangai.

 

"Nós devemos todos nos sentirmos muito encorajados porque temos um pacote bem forte. Eu ainda não acho que nós estamos usando o melhor dele ainda, mas espero que iremos na China, e que Lewis [Hamilton] e eu façamos grande corrida", afirmou o inglês, apostando que a McLaren ainda vai evoluir.

 

Com a segunda colocação, Button assumiu a vice-liderança do Mundial de Pilotos com 26 pontos, 24 a menos do que o alemão Sebastian Vettel. "Este foi um fim de semana extremamente positivo para nós. É muito gratificante sair com um bom número de pontos no campeonato mundial, todos na equipe têm feito um trabalho incrível e devemos sentir-nos muito orgulhosos de nós mesmos", disse.

 

Button explicou que o seu bom ritmo permitiu que ele ultrapassasse Hamilton em um dos pit stops do GP da Malásia. "Eu sabia que Lewis tinha um problema num dos pit stops e que eu seria capaz de sair na frente dele, mas meu ritmo era muito bom mesmo. Foi uma grande tarde", comentou.

 

O piloto inglês revelou ainda que tentou pressionar Vettel nas últimas voltas, mas seu ritmo não foi suficiente para lutar pela vitória. "Nas últimas voltas, a equipe me disse para ter calma com os pneus, mas eu persegui Sebastian da mesma forma, ainda assim não foi o bastante", explicou.

 

Veja também:

linkVettel domina GP da Malásia e vence segunda em 2011

linkMassa: erro da Ferrari impediu briga pelo pódio

linkAlonso e Hamilton são punidos por colisão

linkVettel se diz orgulhoso após segunda vitória

linkRÁDIO - Ouça a narração da bandeirada final na Malásia

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP da MalásiaMcLarenJenson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.