Button fala pouco e lamenta primeiro abandono do ano

Pela primeira vez fora de uma corrida em 2009, o líder do campeonato Jenson Button não escondeu a decepção por abandonar o GP da Bélgica logo na primeira volta neste domingo. O inglês da Brawn largou na 14.ª posição em Spa-Francorchamps e brigava por um lugar entre os dez primeiros quando se envolveu em um acidente, que também tirou da corrida Lewis Hamilton (McLaren), Romain Grosjean (Renault) e Jaime Alguersuari (Toro Rosso).

AE, Agencia Estado

30 de agosto de 2009 | 14h45

"Tive uma boa largada, já tinha passado pelo Lewis [Hamilton] e obviamente pelo Rubens [Barrichello], pelos problemas. Já tinha ganhado pelo menos quatro posições quando me aproximava da curva cinco e fui atingido pelo [Romain] Grosjean. É frustrante ser posto para fora desta forma", disse Button.

Grosjean, por sua vez, negou qualquer responsabilidade pela batida. "Fiz uma grande largada, saindo do 13.º lugar e estava tentando encontrar meu espaço na pista quando fui tocado pelo Button na curva cinco. Isto foi o fim para mim. Foi frustrante, pois seria bom terminar uma corrida e aprender mais um pouco sobre o carro, principalmente neste circuito."

Já Hamilton procurou ser compreensivo com os problemas do final de semana. "Alguns dias, quando as coisa parecem ruins, elas são ruins mesmo. E hoje foi exatamente um destes dias. Tive uma largada horrível, com o sistema de segurança interferindo (problema semelhante ao de Rubens Barrichello) e quando cheguei à primeira curva virei o recheio do sanduíche, acabei sem um pedaço do bico", afirmou o inglês, que largou em 12.º.

"Quando Grosjean e Button se tocaram na curva cinco, todo mundo tentou escapar da batida e eu acabei não tendo espaço para desviar. Diminui, mas acabei sendo atingido por alguém na confusão", finalizou Hamilton.

Alguersuari, por sua vez, lamentou apenas ter sido pego pela batida coletiva. "Minha prova não foi muito longa. Infelizmente estas coisas acontecem numa corrida e tenho de aceitar. Minha largada não foi tão ruim e o meu carro parecia bom, até a curva cinco, quando Button e Hamilton se tocaram e acabaram me atingindo. Meu carro ficou destruído na batida contra a proteção, após o primeiro choque. Agora só espero um resultado melhor na próxima."

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP da BélgicaJenson Button

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.