Pascal Lauener/Reuters
Pascal Lauener/Reuters

Button ganha a sexta na F-1 e dispara na liderança do Mundial

Inglês assume ponta na primeira volta e fica à frente de dupla da Red Bull; Barrichello abandona e Massa é 6.º

Milton Pazzi Jr., estadao.com.br

07 de junho de 2009 | 10h35

SÃO PAULO - O inglês Jenson Button, da Brawn GP, abriu para 26 pontos a vantagem na liderança da temporada 2009 da Fórmula 1. Ele venceu de maneira incontestável o GP da Turquia, em Istambul, e chega assim a 61 pontos na classificação, contra 35 do vice e companheiro de equipe Rubens Barrichello, que pela primeira vez no ano não terminou uma corrida.

Veja também:

link Barrichello diz que queria estar no filme do Superman

link Massa: quem venceu, venceu por mérito e pelo carro

link Novamente, Button elogia a equipe após a vitória

link Hamilton critica McLaren e diz que não tem carro

link Trulli diz que Fórmula 1 pode se separar em duas

tabela F-1: classificação do Mundial

especial Confira o calendário da temporada

especial ESPECIAL: jogue o Desafio dos Pilotos

Ao lado do inglês - que já venceu 80% das provas do ano, ou seja, seis de sete disputadas, igualando uma marca de Michael Schumacher e Jim Clark - no pódio, chegou a dupla da Red Bull: o australiano Mark Webber, em segundo lugar, e o pole position, o alemão Sebastian Vettel, em terceiro lugar.

Além de Rubens Barrichello, que não terminou a prova por ter tido problemas mecânicos em seu carro - a sétima marcha não funcionava - o dia não foi bom para os brasileiros em relação à classificação: Felipe Massa, da Ferrari, foi o sexto colocado, e Nelsinho Piquet, da Renault, ficou na distante 16.ª posição.

Pelo menos protagonizaram bons momentos, como uma ótima ultrapassagem de Piquet sobre o inglês Lewis Hamilton, da McLaren, no meio da prova, lembrando os tempos de disputas da GP2. Barrichello chamou a atenção por uma disputa de posições com Adrian Sutil, da Force India, com os dois se tocando de leve. E o brasileiro ainda rodou após disputa com Heikki Kovalainen.

FALHA

O dia de contrastes na prova em Istambul entre os dois pilotos da Brawn se decidiu logo na largada. Barrichello não conseguiu sair corretamente, com o carro falhando no momento da aceleração, e ele caiu da terceira para a 12.ª posição.

Button, em compensação, saiu atrás de Vettel, mas ainda na volta 1 ultrapassou o alemão e de lá não saiu mais, abrindo vantagem rapidamente, com a ajuda de uma escapada de pista do piloto da Red Bull. Foi depois da segunda parada para o pitstop que o inglês ficou bem próximo de garantir a vitória.

A próxima etapa da temporada é o GP da Grã-Bretanha, em Silverstone, no dia 21 de junho.

 FÓRMULA 1 2009 - GP DA TURQUIA

 CLASSIFICAÇÃO FINAL - 58 voltas

1.º - Jenson Button (ING/Brawn GP), 1h26min24s848

2.º - Mark Webber (AUS/Red Bull), a 6s714

3.º - Sebastian Vettel (ALE/RedBull), a 7s461

4.º - Jarno Trulli (ITA/Toyota), a 27s843

5.º - Nico Rosberg (ALE/Williams), a 31s539

6.º - Felipe Massa (BRA/Ferrari), a 39s996

7.º - Robert Kubica (POL/BMW), a 46s246

8.º - Timo Glock (ALE/Toyota), a 46s959

9.º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), a 50s246

10.º - Fernando Alonso (ESP/Renault), a 1min02s420

11.º - Nick Heidfeld (ALE/BMW), a 1min04s327

12.º - Kazuki Nakajima (JAP/Williams), a 1min06s376

13.º - Lewis Hamilton (ING/McLaren), a 1min20s454

14.º - Heikki Kovalainen (FIN/McLaren), a 1 volta

15.º - Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso), a 1 volta

16.º - Nelsinho Piquet (BRA/Renault), a 1 volta

17.º - Adrian Sutil (ALE/Force India), a 1 volta

18.º - Sebastien Bourdais (FRA/Toro Rosso), a 1 volta

Não completaram a prova:

Rubens Barrichello (BRA/Brawn), abandono, na volta 47

Giancarlo Fisichella (ITA/Force India), abandono, na volta 4

Volta mais rápida: Jenson Button (ING/Brawn GP), 1min27s579, na volta 40

Ibrahim Usla/AP

Momento da chegada em Istambul, com Button comemorando e Webber (atrás) e Vettel (à esquerda)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.