Button reitera decisão de só seguir na Fórmula 1 se for pela McLaren

Com o seu futuro indefinido, o inglês Jenson Button vem tendo que comentar seguidas vezes sobre a possibilidade de deixar a Fórmula 1 ao fim da temporada 2015 ou até mesmo de trocar de equipe para o próximo campeonato. E embora tenha assegurado que ainda não definiu nada, ele garantiu que não trocará a McLaren por nenhuma outra equipe se continuar na principal categoria do automobilismo mundial, apesar do péssimo campeonato da equipe neste ano.

Estadão Conteúdo

29 de setembro de 2015 | 11h46

A McLaren está longe de ser competitiva em 2015, tanto que só somou 17 pontos em 14 provas realizadas. Mas Button garante que nem cogita deixar a equipe que ingressou em 2010, no ano seguinte ao seu único título mundial, assegurado pela extinta Brawn GP.

"Não me sentiria bem estar em qualquer outro lugar depois de tantos anos juntos. Especialmente depois de um ano tão difícil como nós estamos passando agora. Isso realmente nos uniu", disse. "Se eu estiver correndo na F1 em 2016, será 100% cento com a McLaren. Eu sinto que esta equipe vai conseguir no futuro, só não sei quando será", completou.

Mesmo com a indefinição, Button garante que se sente confortável, além de garantir que a sua felicidade o guiará na decisão a tomar, de seguir na Fórmula 1, onde disputou a sua temporada de estreia em 2000, ou em outra categoria do automobilismo.

"Eu não me sinto velho, se 35 anos é estar velho, e acho que eu estou fazendo um trabalho muito bom. E quando sair da Fórmula 1, há tantas coisas que quero alcançar, talvez também em outro tipo de automobilismo", disse. "A coisa mais importante de um ponto de vista egoísta é ser feliz, se eu estou correndo ou não. Mas a equipe tem que estar feliz também", concluiu.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1McLarenJenson Button

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.