Luca Bruno|AP
Luca Bruno|AP

Button se despede após apenas 13 voltas em Abu Dhabi e revela emoção

'Foi uma atmosfera realmente especial com toda a equipe', afirma

Estadão Conteúdo

27 de novembro de 2016 | 16h27

A carreira de Jenson Button na Fórmula 1 chegou ao fim neste domingo, depois de uma curta participação no GP de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. Ele precisou abandonar na 13.ª volta, depois que o carro dele, uma McLaren, apresentou problemas na suspensão.

"Minha corrida foi curta, mas eu amei todo o resto. Eu estava realmente emocionando antes de entrar no carro. Foi uma atmosfera realmente especial com toda a equipe, todos meus amigos e minha família me aplaudindo durante meu caminho para o boxe. Estou feliz por estar usando meus óculos escuros naquele momento", brincou.

Antes da corrida, equipe, família e amigos formaram um corredor para Button passar entre a saída do local onde ele estava concentrado até o boxe da McLaren. Na prova, foram apenas 13 voltas após o carro mais uma vez atrapalhar.

"Eu não achava que eu fosse ter uma falha como essa", disse Button, desapontado, depois de levar o carro até a garagem. Logo, porém, ele lembrou que o mais importante foi o que fez no restante da sua passagem pela F-1. "Estou muito contente com tudo que eu alcancei durante a carreira. Agora, está feito".

Campeão do Mundial em 2009, Button tinha a possibilidade de correr na F-1 por mais um ano, uma vez que tem contrato com a McLaren até 2018. Ele, entretanto, optou por tirar um ano sabático. Já avisou que, mesmo assim, não volta para 2018.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.