Button vibra com seu primeiro pódio na F-1

As equipes BAR e Jaguar viveram momentos opostos neste domingo em Sepang. Jenson Button, depois de dificuldades com o BAR 006 na classificação, sábado, conseguiu um convincente terceiro lugar na corrida. Já Mark Webber, da Jaguar, surpreendeu a todos com o excelente segundo tempo na definição do grid, mas neste domingo nada deu certo e abandonou na 24ª volta. "É difícil descrever o que estou sentindo por obter meu primeiro pódio na carreira", disse Button. A Malásia foi o seu 68.º GP.Ele estreou na Austrália, em 2000, pela Williams. "E pensar que na largada imaginei que tudo estava perdido. Fiquei lado a lado com Jarno Trulli (Renault) e chegamos a tocar rodas." Por sorte seu BAR não foi afetado. "Nosso ritmo de corrida era impressionante, acompanhava a Williams de Juan Pablo Montoya, à minha frente, e não era ameaçado pela Ferrari de Rubens Barrichello, atrás."O resultado do time inglês atesta também o ressurgimento da Honda na Fórmula 1, depois de um campeonato cheio de problemas ano passado. "Nosso terceiro lugar hoje, não herdado, reflete com precisão o quanto nós, BAR, Honda e Michelin, crescemos de um ano para o outro", afirmou Geoff Willis, diretor-técnico da equipe.Se Frank Williams está procurando pilotos para sua escuderia e Button é um dos cotados, suas chances de ser o escolhido aumentaram com o excelente desempenho deste domingo.E a Jaguar, hein? Os treinos livres de sexta-feira e a classificação, sábado, mostraram um superpiloto, Mark Webber, e um supercarro, R5, segundo no grid. De repente, já na largada muitos o ultrapassaram. "A equipe está investigando o que me fez perder tantas posições, parece ser algo na embreagem." Depois precisou substituir o pneu traseiro direito. "Ultrapassei o Ralf Schumacher duas vezes e ele resolveu bater na minha traseira. Furou o pneu e, penso, afetou alguma coisa também."Por fim, excedeu o limite de velocidade no box e acabou rodando por errar numa freada. "Que decepção. Minha confiança num grande resultado era enorme", disse o australiano, também cotado para pilotar a Williams em 2005.

Agencia Estado,

21 de março de 2004 | 15h57

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.