Cacá Bueno ganha de novo na Stock Car

A prova de Santa Cruz do Sul (RS), que pela primeira vez entrou no calendário da Stock Car V8, era considerada uma grande incógnita para todos os pilotos, mas no final, foi o líder e favorito Cacá Bueno quem venceu. O piloto completou as 33 voltas do circuito gaúcho na frente de Giuliano Lossaco e Ricardo Maurício.Com a vitória, Cacá soma 146 pontos, 55 de vantagem sobre o atual campeão, Lossaco. O líder está muito perto do título: precisa de 46 pontos em 100 que serão disputados até o fim do campeonato para conquistar o campeonato sem depender dos resultados dos concorrentes. Losacco, por sua vez, teria de vencer todas. Cacá prefere conter a euforia. ?A vantagem é boa, mas não definitiva?, afirmou.Logo na largada o piloto tomou um susto: perdeu a primeira posição para Guto Negrão, que largou em terceiro, mas logo retomou a liderança da corrida, para não mais ser ultrapassado. ?O carro começou a desequilibrar ainda no início da corrida. Precisei mexer o tempo todo na barra estabilizadora, tanto nas curvas de baixa quanto nas de alta. Abri passagem para o Losacco e depois não tive como me defender dos pilotos que vinham mais rápidos?, explicou Guto, que terminou a corrida na décima posição e considerou positivo o fim de semana da equipe. ?Nossa fase pior já passou. Agora, só precisamos evoluir mais o carro nas condições de corrida?, afirmou. Caca considerou a prova duríssima: ?Foi dificílima. Pensando no campeonato, arrisquei até mais do que deveria porque queria muito essa vitória. Tive toques com o Guto (Negrão), com o (Rodrigo) Sperafico, com o (Giuliano) Losacco, todos dentro do normal. Meu carro estava forçando a traseira, o que dá trabalho ao piloto e cansa ainda mais", explicou Cacá. Para ele, largar na pole foi definitivo para a sua 11.ª vitória na Stock Car ? a quarta no ano: ?Meu carro não era dos mais rápidos na corrida, mas largar na pole numa pista estreita, suja e com apenas um real ponto de ultrapassagem foi fundamental.?Entre os 40 carros, quem também se destacou foi Lossaco, que largou na nona posição e terminou na segunda, assumindo também a vice-liderança do campeonato. ?Larguei em 9.º, mas meu carro estava pregando no chão, de tão bom que estava no começo. Mas, depois de umas 15 voltas, passou a sair de traseira e ficou mais complicado. E ainda precisei me preocupar com o Maurício, que vinha muito forte logo atrás. No geral, fiquei contente com o resultado. Claro que eu queria ganhar, mas hoje não foi possível?, avaliou. A próxima etapa será dia 16 de outubro em Tarumã. Na seqüência, a categoria viaja para Buenos Aires, onde será realizada a décima etapa. As outras serão no Rio de Janeiro e São Paulo.

Agencia Estado,

02 de outubro de 2005 | 17h07

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.