Cacá Bueno termina em 8º e é campeão na Stock Car

Depois de ficar três anos consecutivos com o vice-campeonato, o piloto Cacá Bueno, da equipe Eurofarma-RC Competições, garantiu neste domingo o título da temporada 2006 da Stock Car V8. Ele terminou a última etapa do ano na oitava colocação, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.O vencedor da prova deste domingo foi o veterano Ingo Hoffmann (AMG Motorsport), que completou as 27 voltas com o tempo de 46min06s914 para conseguir a sua centésima vitória no automobilismo. Já Antonio Jorge Neto cruzou a linha de chegada em segundo para fazer a dobradinha da Eurofarma - companheiro de Cacá Bueno, ele terminou o campeonato em segundo na classificação geral. O último degrau do pódio ficou com Guto Negrão (Medley-A. Mattheis).Nesta última etapa, Cacá disputava o título com outros cinco pilotos. Além dele, ainda estavam na briga o atual bicampeão Giuliano Losacco, Hoover Orsi, Antonio Jorge Neto, Thiago Camilo e Felipe Maluhy, que largou na pole position.Logo nas primeiras voltas, no entanto, Cacá contou com o abandono Hoover Orsi, que rodou na pista após um toque do próprio Cacá. Por causa disso, Cacá foi obrigado pela direção da prova a cumprir "drive-thru" - punição com entrada e saída dos boxes -, e acabou perdendo a primeira colocação da prova. Mas o oitavo posto foi suficiente para garantir o inédito título.Irritado com a punição, Cacá fez um desabafo antes da premiação. "Queria parabenizar São Paulo. Tem gente que vaia, tem gente que aplaude. Tem gente que acha que eu me incomodo com isso, mas passa longe. Isso tudo só mostra a paixão pelo esporte", disse o campeão, que vai seguir na sua equipe em 2007 e também correrá na TC 2000, principal categoria do automobilismo argentino.Ele explicou o toque com Orsi. "Estava em linha reta. O Hoover é que veio para cima de mim. Como a disputa poderia valer o título, os comissários decidiram me punir", comentou. ?O título e o vice do Neto no campeonato foram um presente para a equipe. Agora, quero mais é comemorar?, acrescentou. Confira os dez primeiros colocados da prova:1. Ingo Hoffmann (AMG Motorsport) - 46min06s914 2. Antonio Jorge Neto (Eurofarma-RC) - a 0s210 3. Guto Negrão (Medley-A. Mattheis) - a 1s933 4. Popó Bueno (Hot Car) - a 11s580 5. Alceu Feldmann (Boettger Competições) - a 14s146 6. Allam Khodair (Boettger Competições) - a 19s117 7. Mateus Greipel (RC3 Bassani) - a 19s540 8. Cacá Bueno (Eurofarma-RC) - a 19s706 9. Thiago Marques (Petrobras-Action Power) - a 20s564 10. Ricardo Mauricio (Katalogo Racing) - a 25s182Veja a classificação final do campeonato:1. Cacá Bueno - 257 pontos 2. Antonio Jorge Neto - 251 3. Hoover Orsi - 248 4. Felipe Maluhy - 247 5. Giuliano Losacco - 244 6. Thiago Camilo - 237 7. Alceu Feldmann - 235 8. Guto Negrão - 231 9. Rodrigo Sperafico - 223 10. Ricardo Maurício - 216

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.