Cacá é punido e Losacco vence na Stock

A temporada da Stock Car brasileira começou hoje e já surgiu a primeira polêmica. É que o vencedor na pista do Autódromo Internacional de Curitiba da primeira etapa, o carioca Cacá Bueno, da Action Power, foi desclassificado por causa de irregularidades em seu carro. O paulista Giuliano Losacco, da RC, que chegou em segundo na prova, foi declarado vencedor. A decisão, porém, deve ser contestada nos tribunais da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). A equipe de Cacá tem prazo até sexta-feira para recorrer da punição. A desclassificação de Cacá foi anunciada pelos comissários desportivos da CBA no final da tarde - a corrida terminou por volta das 11h30 - quando o piloto já havia deixando o autódromo. O companheiro do carioca na Action Power, o paranaense Thiago Marques, que chegara em quarto lugar, também foi penalizado. Os comissários se basearem no relatório elaborado pelos comissários técnicos, que constatou irregularidade no posicionamento da bomba de direção hidráulica no carro dos dois pilotos. "Conforme o regulamento técnico da Stock Car, a bomba hidráulica deve estar posicionada, obrigatoriamente, na parte externa do cockpit. Na vistoria realizada depois da prova, ficou constatado que nos carros do Cacá Bueno e do Thiago Marques, a única maneira de se ter acesso à bomba é por dentro do cockpit, o que contraria o regulamento?, explicou o comissário técnico da prova, Clóvis Matsumoto. Na pista, a corrida teve alguns bons ?pegas?, vários pilotos se enroscando na disputa por posições, alto índice de abandonos ? 19 carros ficaram pelo caminho ? e um ótimo público, estimado em 30 mil pessoas. E teve também o domínio quase absoluto do carioca Cacá Bueno, que largou na pole e só não venceu de ponta a ponta porque o regulamento da categoria obriga os pilotos a fazerem um pit stop para reabastecimento. Ele completou as 50 voltas pelo anel externo da pista paranaense em 43min17s062, com média de 176,738 km/h. Com sua desclassificação, Giuliano Losacco, que concluiu a prova em 43min21s895, ficou com a vitória, com o paranaense Alceu Feldmann, da RS Competições, em segundo, a 7s459 do vencedor. Ricardo Maurício, paulista que estreou na categoria pela Katalogo Racing, completou o pódio em terceiro. O atual campeão, David Muffato (Repsol-Boettger), abandonou na quarta volta por causa da quebra da suspensão traseira esquerda do seu carro. A próxima etapa será dia 18 de abril, em Interlagos. Na Stock Light, a vitória hoje na segunda etapa foi do mato-grossense Reck Júnior, com Daniel Landi (SP) em segundo e Fábio Carreira (SP) em terceiro. A primeira etapa, sábado, foi vencida pelo paranaense Diogo Pachenki. Reck lidera o campeonato, com 41 pontos. Resultado da Stock Car ? 1.º) Giuliano Losacco, 50 voltas em 43min21s895; 2.º) Alceu Feldmann, a 7s459; 3.º) Ricardo Maurício, a 20s589; 4.º) Mateus Greipel, a 22s653; 5.º) Ricardo Etchenique, a 25s225; 6.º) Antonio Jorge Neto, a 25s930; 7.º) Gualter Salles, a 38s465; 8.º) Ingo Hoffmann, a 1 volta; 9.º) Thiago Camilo, a 1 volta; 10.º) Chico Serra, a 1 volta; 11.º) Sandro Tannuri, a 2 voltas; 12.º) Rodney Felicio, a 2 voltas; 13.º) Airton Daré, a 8 voltas; 14.º) Hoover Orsi, a 13 voltas; 15.º) Juliano Moro, a 13. Classificação do campeonato ? 1.º) Giuliano Losacco, 25 pontos; 2.º) Alceu Feldmann, 10; 3.º) Ricardo Maurício, 16; 4.º) Mateus Greipel, 14; 5.º) Ricardo Etchenique, 12; 6.º) Antonio Jorge Neto, 10; 7.º) Gualter Salles, 9; 8.º) Ingo Hoffmann, 8; 9.º) Thiago Camilo, 7; 10.º) Chico Serra.

Agencia Estado,

28 de março de 2004 | 18h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.