Cachorro de Schumacher causa polêmica no Bahrein

O novo carro da Ferrari, 248 F1, deixou Michael Schumacher a pé, nesta quinta-feira, no circuito de Sakhir. E, para não permanecer apenas como observador do treinamento das demais equipes no Bahrein, o piloto alemão foi passear com seu cão, Chiva.Schumacher utiliza nos deslocamentos com a Fórmula 1 seu jato executivo, um Falcon 2000. Nos ensaios de pré-temporada, invariavelmente leva seus cães. O problema é que algumas nações, como Bahrein, exigem que todo animal deve passar por um período de quarentena, confinado, antes de poder circular. Questionada sobre a lei da quarentena, a assessora de imprensa do piloto alemão, Sabine Kehn, tratou de informar a imprensa local que Chiva dispõe de toda documentação médico-veterinária para acompanhar Schumacher no exterior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.