Calor pode antecipar GP Rio de 2002

A etapa brasileira de 2002 do Mundial de Motovelocidade poderá ser disputado no mês de setembro. A prefeitura do Rio de Janeiro acertou a renovação de contrato para a prova ser disputada mais um ano na cidade, novamente em 02 de novembro, mas o calor nesta época pode determinar a mudança no calendário. O secretário municipal de Esportes e Lazer carioca, Ruy Cezar, acompanhado pelo deputado federal e filho do prefeito Cesar Maia, Rodrigo Maia, assinaram o acordo para o novo compromisso com o presidente da Vadam Internacional, promotora do evento no Brasil, Moacyr Galo.Segundo Cezar o novo contrato, orçado em cerca de US$ 2,7 milhões, começa a ser formulado na segunda-feira. Enquanto comemorava o acordo para a realização da nova disputa, Galo explicou que a prefeitura optou por renovar somente pela próxima temporada, devido a constante variação do dólar. "Ele não querem mais assumir um compromisso cotado em dólar por um longo período", disse Galo. O promotor do evento não descartou a possibilidade de ele acontecer no Autódromo de Interlagos no ano de 2003.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.