Arquivo/AE
Arquivo/AE

Campeã entre as motos, KTM anuncia saída do Rali Dacar

Equipe discorda da limitação de 450 cilindradas, estipuladas pela organização da prova; 'Estamos consternados'

EFE

05 de junho de 2009 | 11h21

A marca de motos KTM anunciou oficialmente sua retirada do Rali Dacar devido à limitação ao máximo de 450 cilindradas, estipulada pela organização da prova.

 

A KTM, equipe do atual vencedor do rali em motos, Marc Coma, assegurou "que a marca não estará representada na prova sul-americana nem com uma equipe oficial nem com escuderias apoiadas diretamente por ela".

 

Além disso, anunciou que centrará seus esforços a partir de agora "no Campeonato Mundial e em outras provas de relevância".

 

"Estamos consternados pela falta de lealdade do organizador, especialmente depois dos enormes esforços que realizamos por causa do cancelamento do Dacar em 2008, colaborando para manutenção de uma nova edição da prova, inclusive em um período de tremenda crise econômica", afirmou o Conselheiro Desportivo da marca, Heinz Kinigadner.

Tudo o que sabemos sobre:
motociclismoRali DacarKTM

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.