Bruno Domingos/Reuters
Bruno Domingos/Reuters

Campeã na estreia, Brawn GP entra para a história da F-1

Nunca antes uma equipe estreante na categorai havia sido campeã do Mundial de Construtores, criado em 1958

EFE

18 de outubro de 2009 | 20h43

SÃO PAULO - A escuderia Brawn GP entrou para a história da Fórmula 1 ao conquistar neste domingo os títulos do Mundial de Pilotos, vencido pelo inglês Jenson Button, e do Mundial de Construtores, com os resultados do Grande Prêmio de Brasil, disputado em São Paulo. A equipe é a única a conquistar tal feito em seu ano de estreia.

Veja também:

link Jenson Button supera Rubinho e conquista título da Fórmula 1

som Rubens Barrichelo diz que sai de cabeça erguida após o GP do Brasil

F-1 2009 - tabela Classificação | especialCalendário

especialESPECIAL - A carreira do campeão Jenson Button

especialESPECIAL - Jogue o Desafio dos Pilotos

blog BLOG DO LIVIO - Leia mais sobre a F-1

blog SPF1 - Leia mais no blog do GP do Brasil

Além disso, a escuderia de Ross Brawn conquistou sua primeira vitória na F-1 logo em sua estreia na categoria, no GP da Austrália deste ano, façanha até então exclusiva da Mercedes no Mundial de 1954 e da Wolf no de 1977.

Deve-se excluir, é claro, a Alfa Romeo, que venceu com o italiano Nino Farina a primeira corrida da história da Fórmula 1, o GP da Inglaterra de 1950.

Na Austrália, menos de um mês depois de nascer, a Brawn GP fez uma dobradinha, com Button em primeiro e o brasileiro Rubens Barrichello, maior adversário do inglês na luta pelo título de 2009, em segundo.

Em 1977, coincidentemente, Ross Brawn trabalhava na Wolf, que subiu no lugar mais alto do pódio do GP da Argentina daquele ano com o sul-africano Jody Scheckter, seu único piloto, e que terminou como vice-campeão naquele ano.

Estes são os campeões mundiais entre os construtores desde a criação da disputa, em 1958 - oito anos depois do de pilotos:

Ferrari: 1961, 1964, 1975, 1976, 1977, 1979, 1982, 1983, 1999 2000, 2001, 2002, 2003, 2004, 2007 e 2008.

Williams: 1980, 1981, 1986, 1987, 1992, 1993, 1994, 1996 e 1997.

McLaren: 1974, 1984, 1985, 1988, 1989, 1990, 1991 e 1998.

Lotus: 1963, 1965, 1968, 1970, 1972, 1973 e 1978.

Cooper: 1959 e 1960.

Brabham: 1966 e 1967.

Renault: 2005 e 2006.

Vanwall: 1958.

BRM: 1962.

Matra: 1969.

Tyrrell: 1971.

Benetton: 1995.

Brawn GP: 2009.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Brawn GP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.