Clayton de Souza/Estadão
Clayton de Souza/Estadão

Campeão, Hamilton diz que espera ser ainda melhor em 2015

Inglês da Mercedes tentará superar as 11 vitórias de 2014

Estadão Conteúdo

09 Março 2015 | 12h26

Lewis Hamilton conquistou o título da temporada 2014 da Fórmula 1 com 11 vitórias nas 19 provas realizadas, mas acredita que pode fazer ainda melhor neste ano. Às vésperas do início do campeonato, no próximo fim de semana, quando será realizado o GP da Austrália, o piloto inglês se mostrou bastante motivado para buscar o seu terceiro título mundial.

"Há muitos bons pilotos, e todos eles querem ganhar. Você apenas tem que querer mais do que eles. Eu me sinto renovado, em forma, me sinto relaxado, positivo. Eu me sinto pronto. Eu acho que como um piloto, você fica mais forte a cada temporada, então eu pretendo ser melhor do que no ano passado", disse. 

A pretensão de Hamilton de ter desempenho ainda melhor em 2015 tem sua razão. Após um campeonato completamente dominado pela Mercedes, em que o inglês lutou para ser campeão com seu companheiro de equipe, o alemão Nico Rosberg, Hamilton acredita que a temporada 2015 será mais equilibrada, com mais adversários diretos pelas vitórias. 

"Tivemos uma grande temporada no ano passado como uma equipe e, é claro, nós todos gostaríamos de repetir isso. Mas os outros não vão parar de nos perseguir. Eu tenho certeza que os concorrentes vão estar perto e nós devemos ter corridas emocionantes com muita luta pelas posições, o que é ótimo, porque isso é o que amo fazer e é isso que os fãs adoram assistir", afirmou. 

Ansioso para o início do campeonato, Hamilton, destacou, porém, que os testes da pré-temporada só deram uma ideia básica sobre o potencial dos carros de cada equipe, que só serão conhecidos com a disputa da primeira prova do campeonato, no próximo domingo, no circuito de Melbourne. 

"A esta altura do ano, você realmente não sabe o que sentir como um piloto. Você está impaciente para voltar à corridas, mas, ao mesmo tempo, você nunca sabe o que a nova temporada vai trazer. Os testes dão uma ideia básica para saber se o carro é bom ou não, mas qualquer um pode ganhar", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.