Campeão justo e correto da F-1 será Hamilton, para Moss

Inglês defende a honestidade do atual líder do Mundial de pilotos no escândalo com a Ferrari

12 de outubro de 2007 | 09h44

Se o título de campeão da temporada 2007 da Fórmula 1 ficar com o inglês Lewis Hamilton será justo e correto, sem qualquer mancha. Esta é a opinião do compatriota britânico Stirling Moss, 77 anos, uma das lendas do automobilismo mundial e 16 vezes vencedor de corridas na categoria (embora não tenha conquistado nenhum título, foi quatro vezes vice).Veja também: Classificação do Mundial Bate-Pronto: veja a nova pista e a nova arquibancada Fórmula 1: a matemática do título de 2007  Vote: qual piloto vai ser campeão da F-1 deste ano?  Leia mais no Blog do Lívio"Creio que ele não teve nenhuma ajuda e não precisava dela para ganhar. (Hamilton) não esteve envolvido (no escândalo de arbitragem). Os outros estiveram um pouco mais envolvidos", disse o inglês, em seu site oficial. Ele ressalta a opinião que a equipe italiana não conseguiu ter vantagem sobre a McLaren por não ter sido competente para isso."A Ferrari tem uma boa equipe, um bom carro e dois bons pilotos, mas temo que não tão bons como os outros. Se no Brasil vai vencer o melhor, ele (Hamilton) é quem vai ganhar", conclui Moss.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.