Campos tem novo dono e corre para estrear na Fórmula 1

Jose Ramon Carabante é o novo dono da equipe, com Collin Kolles - ex-Force India - como chefe de Senna

AE, Agência Estado

19 de fevereiro de 2010 | 17h35

A equipe espanhola Campos Meta, uma das novatas da temporada de 2010 da Fórmula 1 e que contratou o brasileiro Bruno Senna, tem novo dono, o empresário Jose Ramon Carabante, e  novo chefe, Colin Kolles (ex-Force India).

Carabante era um dos sócios da escuderia e pegou o controle majoritário da equipe do ex-piloto de F-1 Adrian Campos. "Eu gostaria realmente de agradecer a Bernie Ecclestone (chefão comercial da categoria), que trabalhou intensamente na ajuda para tornar o time viável", disse o espanhol, em comunicado.

"Eu não podia resistir a este tremendo desafio e estou empolgado", discursou o romeno Kolles, que já passou pelas extintas Jordan, Midland e Spyker. Ele explica o trabalho daqui para frente. "Nos próximos dez dias vamos revisar todo a operação, captar recursos extras para que o time esteja em Sakhir e anunciar em tempo hábil a dupla de pilotos, além de toda a nossa operação".

A Campos tem dois desafios, a menos de um mês da estreia na nova temporada da Fórmula 1 (dia 14 de março, no GP do Bahrein): colocar o carro na pista e contratar um segundo piloto para trabalhar ao lado de Senna.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.