Capacete rende processo a Schumacher

A fabricante de capacetes Bell anunciou neste sábado que processará o tricampeão mundial de Fórmula 1 Michael Schumacher por quebra de contrato. O advogado da filial belga da empresa norte-americana declarou a uma rede de tevê que a companhia pedirá cinco milhões de francos (cerca de US$ 100 mil) cada vez que o piloto da Ferrari aparecer com capacete de outra marca. ?É uma grande perda?, disse um porta voz da empresa, acrescentando não saber os motivos pelos quais Schumacher deixou de usar seus capacetes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.