Cariocas tentam recuperar GP Brasil

Aparentemente os políticos cariocas não desistiram de levar o GP Brasil de Fórmula 1 de volta para o Rio, onde foi disputado principalmente nos anos 80. Tanto que, aproveitando os preparativos para os Jogos Pan-Americanos de 2007, haverá a divulgação do resultado de concorrência para a reconstrução do Autódromo de Jacarepaguá, dia 17. Uma das propostas é de uma parceria das empreiteiras Oldbrecht e Camargo Correia em convênio com o arquiteto Herman Tilke, responsável pelos projetos de construção dos circuitos da Malásia, Bahrein, China e Turquia. O fato, no entanto, não comoveu o responsável pelo evento no Brasil, Tamas Rohonyi, da International Promotions. "Renovamos o contrato com a Prefeitura até 2009 e a opção de descontinuá-lo é da Prefeitura. Nós nunca descumprimos um contrato."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.