Scott Wesley/Reuters - 26/03/2010
Scott Wesley/Reuters - 26/03/2010

Carro de Lucas di Grassi terá mudanças no GP da China

Virgin altera tanque de gasolina e parte aerodinâmica do carro do brasileiro buscando superar escuderias estreantes

AE, Agência Estado

15 de abril de 2010 | 12h47

A Virgin, equipe do piloto brasileiro Lucas Di Grassi, prepara algumas novidades para o GP da China de Fórmula 1, cujos treinos começam na noite desta quinta-feira pelo horário de Brasília. Buscando ficar novamente à frente das outras estreantes - Lotus e HRT -, a escuderia terá mudanças no tanque de gasolina e na parte aerodinâmica do carro.

"Temos algumas novidades, como atualizações aerodinâmicas e o fato de termos resolvido de uma vez por todas o problema de andar com muito combustível na classificação", contou Lucas di Grassi, que também faz sua temporada de estreia na Fórmula 1.

Além das alterações no carro, a equipe conta com o frio de Xangai para se beneficiar. "O tempo frio deverá ser benéfico para nós em termos de durabilidade, já que as temperaturas mais baixas são melhores para a confiabilidade do motor e do carro em geral, então o desgaste é menor", disse o brasileiro.

A expectativa do piloto é que o carro renda ainda mais do que no GP da Malásia, no dia 4 de abril, quando ele conseguiu completar sua primeira prova na Fórmula 1. De acordo com Di Grassi, "a Virgin precisa de bons resultados e trabalhou duro nas últimas duas semanas para manter a ascendente campanha e um desempenho forte no fim de semana".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.